Blog www.aldevan.com.br

Telúrio ou maquete sistema solar

Maquete do sistema solar ou telúrio (sol, terra e lua), feitos com bolas de isopor, arame grosso e uma lâmpada para representar o o sol.undefined

 


Luneta de 50cm de comprimento

Luneta feita de tubos de PVC de 50mm e 40mm de diâmetro e 40cm de comprimento cada tubo de PVC, a lente é de 2 graus o que da uma distância focal de 50cm e a ocular de 4 cm, portanto o foco fica em aproximadamente 54cm, que equivale a um aumento de 12 vezes.undefined

undefined

Confeccionando um planisfério

Faça a impressão do arquio abaixo dos 4 desenhos, os arquivos abaixo para downloads são os mesmo, apenas o formato que difere sendo que um é formato DOCX para Word e o outro PDF

http://aldevan.com.br/Downloads/download.php?file=Astronomia/Planisferio_cruz.docx

http://aldevan.com.br/Downloads/download.php?file=Astronomia/Planisferio_cruz.pdf

corte os disco, sendo que nos 2 desenhos que tem as abas, use as abas para unir o 2 discos internos que devem estar colados ou seja face Sul com a face Norte, observe que em ambos os disco tem uma seta , com  as setas no mesmo sentido.

undefined 

Colas os disco Sul e Norte as setas devem estar juntas (coincidir setas dos lados S e N). Depois do disco colado, use uma tarraxa ou um alfinete para fazer a união entre os discos externos com os internos (face sul e face norte) depois prenda as abas dos disco externo com um durex ou cole.

undefined undefinedundefined

 undefined

 

Maquete sistema solar

Esta maquete foi utilizado matérias simples de confeccionar e os que tinham aqui disponível, para o sol utilizei uma lâmpada 110V mais o recomendado é usar pilhas e uma lâmpada de lanterna assim fica mais seguro de manipular, minha escolha por essa de 110V foi porque tinha aqui em mãos, o planeta terra foi feito com pedaço de cortiça e a lua uma bolinha de isopor encoberto por um papel alumínio, a ideia é que a lua seja um refletor e possa iluminar parte da terra que está no escuro, se fizer a experiência com todas as luzes apagada usando apenas a iluminação da maquete isso fica bem visível inclusive a lua está sob um arame que gira em torno do sol sendo possível girar e mostrar a luz refletida do sol na lua iluminando as noites.undefined

Sol iluminando uma face da terra (dia) enquanto a que a outra face da terra está no escuro (noite)

undefined

Gire a lua para obstruir parte da luz do sol assim pode ver o efeito da eclipse solar

undefined

undefined

 

Relógio Estelar

Este relógio estelar foi feito usando arquivo PDF aqui disponível para download e seguindo orientações disponíveis no site abaixo:

http://aldevan.com.br/Downloads/download.php?file=Astronomia/relogio_estrelar.pdf

undefined

Aqui o nosso experimento está pronto. Para Usá-lo basta identificar a constelação do Cruzeiro do Sul, ajustar o dia e mês do disco giratório do relógio estelar para que ele fique na posição indicada no seu topo. Em seguida estica-se o braço segurando o relógio estelar pela sua base (mantenha o relógio sempre na vertical), na direção aproximada do polo celeste sul e gira-se o ponteiro até que as duas estrelas do madeiro maior do Cruzeiro do Sul sejam visíveis através do recorte feito no “cabo” do ponteiro. Quando estas duas estrelas ficarem visíveis dentro do referido recorte, então, o ponteiro do relógio estelar indicará, aproximadamente, a hora local. [Fonte: http://www.pontociencia.org.br/experimentos/visualizar/relogio-estelar/318]

undefined

 

Luneta caseira

Luneta simples que pode ser montada com os alunos, foi utilizado matérias simples como tubos de PVC 50mm de diâmetro e 70cm comprimento para suporte da objetiva e um outro tubo de PVC 40mm de diâmetro e 70 cm de comprimento para lente ocular. A objetiva foi comprado em uma óptica 1 grau positivo de 65mm de diâmetro, custou R$ 15,00 e a lente ocular peguei de uma câmera fotográfica velha.undefined

Para fixar as lentes foi utilizado fita isolante, tomar cuidado para a fita não pegar diretamente na lente, os tubos de PVC foram pintados com tinta spray de cor preta.

A razão de aumento dessa Luneta é de 25 vezes, é simples calcular, a distância focal é inversamente proporcional ao grau da lente, nesse caso foi usado uma lente objetiva de 1 grau que fica 1/1=1 metro ou 100 cm, a lente ocular 2,5 graus 1/25 =0,4 metros o 4 cm, agora é só ver a razão e assim determinar o fator de ampliação (zoom) 100/4=25 vezes, portanto caso deseje fazer a Luneta menor use uma Objetiva de maior grau que tem menor zoom mas fica menor e claro a ocular quanto menor o ponto focal melhor e assim mais fácil de confeccionar uma luneta com tubos menores. Na objetiva faça um circulo em papel preto ou use uma cartolina pintada de preto do mesmo diâmetro da objetiva com um furo central de 2,5 à 3 cm, para que entre luz somente por esse orifício, caso contrário vai entrar luz por toda a objetiva e isso causa aberração cromática e fica praticamente impossível ver alguma coisa.

undefined

A luneta de pois de pronto fica praticamente impossível de usar sem o uso de um tripé, por isso faça um tripé mesmo que seja simples como em uma garrafa pet ou algum suporte para fixar a lente em alguma coisa fixa.

undefined 

Como fazer uma Bússola

Esta bússola pode ser feito com poucos recursos e pode ser construída por alunos em sala de aula. Corte um pedaço de lata para fazer a agulha, use uma tesoura, depois de pronto o ponteiro indicador faça a magnetização passando o ponteiro em um Imã sempre na mesma direção, passe pelo menos 50 vezes até que o ponteiro fique magnetizado e isso pode ser verificado colocando uma agulha de costura e verificando se o ponteiro da bússola atrai a agulha de costura, caso não atraia continue magnetizando passando o ponteiro no Imã sempre no mesmo sentido. Prenda o centro do ponteiro a um pedaço de linha de costura, usei cola térmica mais ser utilizado outros recursos disponíveis, a outra ponta da linha prenda a tampa da caixinha (pote) que você tem, o ideal é que a agulha fique no meio do pode assim não fica esbarrando nem na tampa nem no fundo do pote. Pronto a bússola está quase pronta, com uma outra bússola ou até mesmo com um APP instalado no celular o que foi esse caso faça a aferição colocando uma ao lado da outra, o lado que aponta para o Norte pinte de Vermelho e a outra ponta qualquer outra cor, usei caneta tipo pincel mais pode ser usado tinta ou até mesmo esmalte de unha.

 

undefined

Pinte o lado que indica o Norte de vermelho

undefined

Agulha da bússola presa por uma linha de costura de aproximadamente 1cm

undefined

Aferindo a bússola com outra

Comparando a posição com as duas bússolas

undefined

Materiais para fazer a bússola

Materiais:

-Lata para fazer a agulha (usei uma lata de spray e cortei com uma tesoura)

-Um pote de plástico usado para cremes, pode ser qualquer um desde que de vidro ou plástico (Não pode ser metálico)

-Linha de costura (usado para segurar a agulha da bússola)

-Cola térmica (usada para fixa a linha a tampa, pode ser substituído por outra forma de fixar a linha a tampa)

-Um Imã (para magnetizar a agulha da bússola)

-Caneta tipo pincel Vermelha para pintar ponteiro da bússola (pedaço de lata) o lado Norte e Azul ou Preta para indicar o lado Sul)

Relógio de Sol Equatorial

É um relógio que funciona por meio da sombra feita em uma haste chamada de gnômon (usei um palito de churrasco), é extremamente fácil de montar com os alunos em sala de aula, no meu caso eu fiz algo mais robusto usei uma chapa de plástico que encontrei abandonado na rua, só marquei com um compasso e cortei com uma tesoura de jardinagem em forma de disco, mas pode ser usado materiais simples e de fácil manuseio como papelão ou isopor. Como o relógio só funciona com sol ou seja das 6 às 18 horas, foi utilizado um disco de plástico de 30cm de diâmetro, com o auxilio de um compasso faz-se uma circunferência e corta com uma tesoura ou estilete. O disco foi dividido ao meio com marcações a lápis , assim é possível reutilizar o disco em diversas aulas, como o relógio só marca a hora das 6 às 18 horas, foi feito as divisões de horas a cada 15 graus (180/12=15), 180 graus divididos por 12 horas, para fazer essas divisões foi usado um transferidor como recurso. undefined

Depois de pronto, se possível use uma bússola para posicionar o relógio, onde o disco marca 18 horas deve ficar para o lado Leste para que a sombra seja feita no lado oposto onde indica 6 horas, além disso deve ser observado a inclinação do disco em relação a linha do equador, em São Paulo estamos a 23,5 graus ao Sul, portanto a base do disco do relógio deve estar nesse angulo. O gnômon projetará sua sombra do lado Norte do disco no período entre 21 de março e 22 de setembro, no período de 23 de setembro até 20
de março (do ano seguinte), a sombra do Sol será vista no lado Sul do disco.

undefined

undefinedÂngulo válido para São Paulo

Observação a olho nu de Saturno, Marte e Antares

Trabalho de observação do céu a olho nu. Mesmo com o céu bastante nublado, estava ali 3 pontos luminosos brilhantes, dia 01/04/2016 à 1:30, observando a posição com uma bússola estava a 100 graus (leste), elevação entre 50 e 60 graus (usei um transferidor para medir), nessa mesma noite a Lua estava logo abaixo, verifiquei no stellarium e pude verificar que se tratava de Saturno, Marte (brilho forte) e Antares (brilho muito fraco, essa é uma estrela supergigante a 600 anos-luz de distância Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Antares ), para confirmar fiz uma foto com o celular e comparei as posições com a simulação conforme as fotos abaixo:

 undefined undefined

undefined

 

Home